Inicial > Blog da Mari
25/10/2017
O que eu aprendi com Eduardo Leite

A última segunda-feira, dia 23, foi um dia de muito conhecimento.

Isso porque recebemos aqui em Lajeado o pré-candidato ao Governo do Estado, do PSDB, Eduardo Leite. Junto com o Deputado Estadual, Lucas Redecker, Leite está visitando as diferentes regiões do estado para conhecer suas peculiaridades e desafios, interagir e trocar experiências.

Na agenda do dia muitas visitas e encontros com amigos, empresários e imprensa, regadas de boas conversas e alternativas para o nosso estado.

 

Nelson Eggers abriu as portas da Fruki para receber a nossa comitiva

 

Mobiliza 45 em Lajeado

O ponto alto da visita dos Tucanos a Lajeado ocorreu às 19h, no CTG Tropilha Farrapa. Filiados, simpatizantes e a comunidade em geral lotaram o espaço para receber pré-candidatos a cargos públicos e para ouvirem a palestra sobre Os Desafios da Gestão Pública, proferida por Leite.

 

Bem acompanhada na mesa oficial: com o pré-candidato a Governador, Eduardo Leite, e os Deputados Estaduais, Lucas Redecker e Zila Breitenbach

 

Quase 200 pessoas, de 24 municípios prestigiaram o evento e vibraram com ideias que podem contribuir para a retomada do crescimento do Rio Grande do Sul.

Para mim, esse foi um momento mais que especial. Além de estreitar a relação com Lucas e Eduardo – dois homens públicos que admiro muito – o partido
oficializou a minha pré-candidatura a Deputada Estadual. Isso aconteceu após
inúmeras reuniões e conversas informais com integrantes da executiva estadual,
deputados, prefeitos, vereadores e lideranças do partido de toda região. A pressão é forte e o pedido de ajuda para melhorar o quadro da assembleia legislativa tem sido a pauta principal desta motivação.

 

 

Até então muitos me perguntavam se eu estaria disposta a aceitar mais esse desafio. Certamente não foi uma decisão fácil de se tomar, mas os maiores desafios são aqueles que mais fazem diferença nas nossas vidas. E eu quero, também, fazer a diferença na vida das pessoas! 🙂

 

5 lições de Eduardo Leite

 

Na noite do dia 23/10, Eduardo Leite proferiu a palestra: Os desafios da Gestão Pública

 

“Não é fácil, mas não é tão difícil assim”

Há muito tempo que a Gestão Pública virou um bicho de sete cabeças. Todos sabem da dificuldade de administrar governos inchados, com orçamentos apertados.

Mas o que a gente aprendeu, principalmente com a administração do Eduardo em Pelotas, é enxergar esse desafio com bons olhos. É saber que existe, sim, uma maneira eficiente de governar o que é público. E que nem é tão difícil assim! 😉

 

“O Rio Grande do Sul tem que deixar seu orgulho de lado e parar de olhar no retrovisor”

O gaúcho é um povo que tem orgulho do seu Estado que, por muito tempo, se desenvolveu e se destacou no cenário nacional. Mas infelizmente, há muito tempo, esse cenário mudou.

O RS perde posições importantes no ranking brasileiro de educação, saúde e segurança… então, precisamos aprender com nossos erros e admitir que, neste momento, precisamos nos espelhar em estados mais promissores e em ideias mais inovadoras.

 

“A agenda do Gestor Público deve estar clara. Não podemos perder tempo com assuntos que não conversem com os objetivos da gestão”

Um dos pecados mais comuns do gestor público é querer atuar em todas as áreas e atender a todos os pedidos. E é claro que ninguém tem perna e nem orçamento para isso!

A solução é um planejamento estratégico criterioso e claro. Ele tem que guiar as ações do governo, sem espaço para perda de esforços em ações que não contribuem com as estratégias definidas.

 

“Gestão Pública tem que ser feita com Planejamento e Indicadores”

Gestão só pode ser feita com planejamento e indicadores claros. Não tem como governar as cegas. Não tem como ir pra frente sem conhecer o caminho que se trilha.

Isso até parece ser óbvio, mas esse é um dos maiores pecados das administrações públicas. A falta de informação para tomadas de decisões e a falta de indicadores para avaliação das ações.

 

“Ser político não é nenhum pecado”

Eu mesma já parei pra me perguntar várias vezes se deveria seguir a carreira como pessoa pública. Afinal, os julgamentos são dos mais caluniosos para com toda a classe.

Mas ao conhecer e trabalhar com pessoas como Eduardo Leite, eu aprendi que há, sim, muitas pessoas boas que trabalham de forma honesta e eficiente no setor público e que, portanto, se dedicam ao bem coletivo!

Isso só me dá mais coragem e orgulho em trilhar esse meu caminho. 🙂

 

E você, também quer aprender com Eduardo Leite?
Assista a essa entrevista e conheça algumas das alternativas para o Estado do Rio Grande do Sul.

 

Compartilhe
Facebook
| Voltar para o topo
Acompanhe os posts
Escolha o tema
Todas
Administração
Saúde
Educação
Esporte e Lazer
Serviços Urbanos e Segurança Pública
Meio Ambiente e Agricultura
Habitação e Assistência Social
Cultura e Turismo
Tema da Semana
Destaque Home
Posts mais populares